Curta a página do QLA no Facebook

18 de fev de 2012

Sede de Deus

Olá povo amado de Deus...!


Pois bem, refletindo sobre experiências obtidas em meu tempo de cristão, e também, em conversas com amigos pastores, líderes de células, ministério, fui confrontado pelo Espírito Santo no seguinte questionamento: Será que verdadeiramente tenho sede de Deus? Será que sou atraído a estar em Sua presença?
Venha comigo e mergulhemos fundo na palavra do Eterno, e respondamos a este questionamento.
Bem, comecemos pelo conceito da palavra sede. Sede é uma sensação de caráter geral, iniciada por estímulos originados dentro do próprio organismo e não do meio ambiente. Os estímulos são detectados por receptores através de impulsos inatos que garantem a sobrevivência e gera a motivação que impele o organismo a providenciar aquilo o que lhe falta.
Saciar a sede de água que o nosso organismo naturalmente necessita é uma questão de sobrevivência. Também semelhantemente precisamos dia após dia saciarmos a sede que temos da presença de Deus. Pois bem, se  não encontramos em nós a carência da presença de Deus, significa dizer que Dele não sentimos falta, ou que insignificante é o nosso desejo de estar face a face com Ele. Isto também é uma questão de sobrevivência!
Você tem se abastecido da água da vida? Esta satisfeito?
Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes. Jr.33:3 (ARA)
Que coisas, Deus tem anunciado a ti? De que maneira se encontra o teu convívio com Deus?
Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve. Ml.3: 18. (ARA)
A diferença esta na comunhão com Deus, esta também nos momentos de aflição, pois quando o justo se encontra aflito,ele tem a quem recorrer! Jeová Gireh, o Deus da provisão.
E fez o que era mau; porquanto não preparou o seu coração para buscar ao SENHOR. 2Cr.12:14 (ACR)
O homem por si só, não é bom, e os seus caminhos são perversos. Não basta apenas olhar o passado, e ver aquilo que Deus realizou através da tua vida, sem projetar galgar coisas novas em sua vida.
O versículo acima é referente a história de vida do rei Roboão, filho de Salomão, neto de Davi, que se esqueceu dos preceitos do Senhor, a abandonou a lei de Deus preferindo a outras coisas se tornando mal, e indiferente a Deus. Teve muitos fracassos em sua vida.
Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra. Oséias 6.3 (ACR). Temos promessas na palavra, que nos levam a experimentar bênçãos quando buscamos ao SENHOR.
Não se satisfaça em apenas conhecê-lo, prossiga em conhecê-lo cada vez mais!!
Vá em frente na busca por uma vida consagrada a Deus, vale a pena viver para Deus! Entregue-se sem reservas, procure incessantemente por aquilo que o teu ser deseja, e o que o homem mais anseia é ter um relacionamento verdadeiro com Deus. Só é preciso descobrir esta verdade dentro de si mesmo, debaixo de uma influência do Espírito, e então o homem retorna para aquilo no qual foi criado, ao plano principal de sua existência adorar a Deus, a essência da vida, a Ele a honra, a glória, o domínio para todo sempre!!
Pense nisso!
Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar . I Coríntios 9:26

Na paz de Cristo, Danilo Dias

2 de fev de 2012

O Tabernáculo de Davi

Boa Noite, Nações da terra...!

Hoje vos trago um post sobre um assunto que tem sido diplomatizado na igreja: Adoração a Deus. Já não existe uma idéia biblíca sobre isso porque tem sido bastante ministrado, e por isso diversas pessoas 'dão a sua opinião' em vez de declarar o bíblico. Não sou contra a declaração de nenhum ministro, até porque este post não é direcionado a isso, mas sim a nos levar a reflexão do assunto abordado.
E nada melhor para falar sobre adoração do que dizer sobre o tabernáculo de Davi.....


O Tabernáculo e a sua história


Em determinado momento da história, DEUS decidiu mudar o Seu Culto. Até aquele momento toda cerimônia no Tabernáculo de Moisés apontava para a sombria situação do homem e a necessidade de um Salvador - YESHUA HA MASHIACH(Jesus o Cristo). Mas DEUS decidiu mostrar um pouco da festa que é o céu. Para isso, Ele precisava de alguém que O entendesse, que tivesse intimidade com Ele, que fosse, enfim, um Adorador. 

1 de fev de 2012

Consagração, você realmente consegue enxergar que precisa disso?

Em silêncio te admiro, com palavras te adoro, com o meu ser te oferto o que sou Jesus! Minha definição de consagração diária!

CONSAGRAÇÃO by http://fabiobolzan.com

        Por definição, consagração significa separar-se, dedicar-se, santificar-se para Deus. Deus nos chama à consagração, Ele está buscando homens e mulheres que se consagrem à Ele para que Ele possa usar.
         Ao olharmos para a Palavra de Deus, encontramos Samuel, um exemplo maravilhoso de consagração, servindo ao Senhor desde a juventude: 


( 1 Samuel 1:9-11 )

9 Certa vez quando terminou de comer e beber em Siló, estando o sacerdote Eli sentado numa cadeira junto à entrada do santuário do SENHOR, Ana se levantou 10 e, com a alma amargurada, chorou muito e orou ao SENHOR. 11 E fez um voto, dizendo: “Ó SENHOR dos Exércitos, se tu deres atenção à humilhação de tua serva, te lembrares de mim e não te esqueceres de tua serva, mas lhe deres um filho, então eu o dedicarei ao SENHOR por todos os dias de sua vida, e o seu cabelo e a sua barba nunca serão cortados”.
            Ana não podia ter filhos, e por conta disso fez um voto ao Senhor. Se ela pudesse gerar um filho, o consagraria a Deus por todos os dias da sua vida. Começando pelo exemplo de Samuel, e indo até Jesus o maior exemplo de consagração, gostaria de compartilhar alguns princípios:

Quando Você se Consagra, É Para Toda a Vida.

        Ana foi fiel à sua promessa da mesma forma que o Senhor foi quando respondeu ao seu pedido, e então ela o entregou ao serviço do Senhor por todos os dias de sua vida.
        Muitos de nós, ao contrario do exemplo de Samuel, temos sido inconstantes em suas decisões, entregando-se e voltando atrás. Consagração implica em uma decisão firme e permanente, entrega por todos os dias da vida, não é hoje sim e amanhã não.


A Túnica de Linho ( Samuel 2:18 ).


        Este é o segundo aspecto que caracteriza a verdadeira consagração a Deus. A Túnica Linho é a veste específica para os sacerdotes a quem o Senhor chamou, os que se consagram. 
       Será que você já tem esta vestimenta? Não se trata de uma vestimenta externa, na aparência, mas de uma veste espiritual, um modo de vida que glorifica a Deus, e que onde quer que você vá leva a Glória de Deus sobre a sua vida. Quando você se consagra, a unção de Deus fará a diferença na sua vida. 


Constante Crescimento espiritual ( I Samuel 2:26 ).

       Quando você se consagra a Deus, cresce. Crescimento espiritual e frutos para Deus são sinais de consagração, ao passo que estagnação, decadência espiritual e uma vida sem frutos demonstram uma vida espiritual morna.
       Samuel crescia em graça diante de Deus e dos homens, por causa de sua santidade e da separação diante de Deus.

Ouvir a Voz de Deus.

        A Bíblia diz em Hebreus 12:14 que sem santidade ninguém verá o Senhor. Devido à sua consagração, Samuel vivia em santidade em com isso foi capaz de ouvir a voz de Deus o chamar, o que ele atendeu prontamente, dizendo : Eis-me aqui!
       Deus quer nos usar, quer fazer de nós instrumentos de benção na terra, mas para isso é necessário que sejamos homens e mulheres santos, capazes de ouvir a voz de Deus, para então obedecê-lo, deixando-nos ser usado por Ele. É necessário que a vida de consagração seja uma decisão firme todos os dias de nossa vida, seja algo natural e espontâneo dentro de nós, e para isso, três aspectos devem ser levados em consideração:


Consagração é por amor.

       A decisão de consagração é uma atitude decorrente do amor para Deus, algo que brota espontaneamente no coração daqueles que desejam agradar ao próprio Deus, reconhecendo-o e correspondendo ao Seu amor. Não é por peso ou por obrigação, mas por uma decisão pessoal que produz alegria. 
      A Palavra de Deus em nenhum momento expressa obrigação, pois Deus respeita o poder de decisão que ele entregou a cada um, porém, ao dizer …”tudo me é permitido, mas nem tudo me convém”…, atesta que cabe ao homem o poder de optar por aquilo que é conveniente ou não. Porque eu amo a Deus, eu me separo para Ele, e me separo daquilo que não é conveniente.

Consagração é como um casamento.

        A Bíblia nos apresenta como a “Noiva de Cristo”, e nos chama a nos santificarmos, como preparação para este casamento. Toda noiva quer se preparar da melhor forma para seu casamento, motivada pelo amor que ela tem pelo seu noivo. 
        Jesus, ao subir naquela cruz demonstrou a maior, mais profunda e verdadeira expressão de amor por nós, e ali estabeleceu uma aliança eterna conosco. Quando somos capazes de contemplar a cruz de Jesus e a sua entrega por nós, brota em nosso coração o amor de Deus, e movido por esse amor, passamos a desejar fazer aquilo que agrada ao noivo, fazer de tudo para agradá-lo. 
Como todo casal, com Ele somos um, e aquilo que faço para Ele faço para mim mesmo.

Jesus, o maior exemplo de consagração e amor.

       Somos alvos da maior história de amor de todos os tempos. A expressão de amor de Jesus por nós naquela cruz supera qualquer sentimento e atitude que alguém possa ter por amor. Ele deixou tudo o que tinha por amor, abriu mão te tudo por amor, e nos deu tudo o que tinha de mais precioso por amor. 
       Jesus nos deixou o maior exemplo, nos ensinou o quanto vale a pena estar consagrado para fazer a vontade de Deus. Por causa de sua consagração ele conquistou tudo por nós, e recebeu em troca o maior nome, a maior honra, a maior autoridade.


Deus te abençoe sempre, Danilo M. Dias

Deixe o seu comentário